Ranking Fintech100 de 2018 inclui três empresas brasileiras

O Ranking Fintech100 2018, relatório anual realizado entre as empresa de investimentos em fintech H2 Ventures e a KPMG, foi anunciado nesta quarta-feira, 24, destacando fintechs de todo o mundo que estão transformando o setor de serviços financeiros, pagamentos e empréstimos digitais, insurtech, neo-banking, pois atraem investimento a um ritmo recorde. Três brasileiras figuram no ranking: Nubank, GuiaBols e Geru.

O Fintech 100, em sua 5ª edição, inclui as empresas de fintech ‘Leading 50’ em todo o mundo, classificadas com base na inovação, atividade de aumento de capital, tamanho e alcance; e os ‘Emerging 50’, novas e promissoras fintechs que estão na vanguarda de tecnologias e práticas inovadoras e estão frequentemente buscando novos modelos de negócios.

No primeiro grupo das fintechs  ‘Leading 50’  figuram o Nubank, em sétimo lugar e o Guiabolso, que ficou na posição de número 46.  Na segunda lista, a brasileira Geru foi uma das 50 companhias emergentes.

Em 2016, o Guiabolso foi incluído no segundo grupo e, em 2017, passou à seleção das principais fintechs. No ano passado, o aplicativo ficou 48ª posição.

“O resultado é o reconhecimento do nosso esforço em ajudar o brasileiro a lidar melhor com seu próprio dinheiro. Ser reconhecido nos motiva a continuar na busca por melhorar a vida das pessoas e transformar o sistema financeiro”, explica o CEO do Guiabolso, Thiago Alvarez.

Os principais destaques do 2018 Fintech100 incluem:

As fintechs chinesas continuam a dominar o topo da lista, respondendo por três dos cinco primeiros lugares da lista dos 50 principais, com Ant Financial em primeiro lugar; JD Finance em segundo e Baidu em quarto lugar; a Grab de Cingapura foi uma nova entrada, ficando em terceiro lugar, e a US Finint moveu-se para o quinto lugar.

A competição global continua a se expandir, com 36 países diferentes representados no total do Fintech100, de 29 em 2017 e 22 países em 2016. Quase metade das empresas da lista deste ano (41) foram fundadas e continuam a operar em mercados emergentes.

Os EUA lideram o Fintech100 com 18 fintechs colocados, incluindo três dos 10 melhores, seguido pelo Reino Unido com 12;  China com 11; Austrália e Cingapura com 7 e 6 fintechs respectivamente;  Brasil com 3.

As empresas de pagamentos dominam o Fintech100, com 34 no total, seguidas por 22 em empréstimos, 14 em gestão de patrimônio e 12 em seguros. “Multi’s” (fintechs oferecendo uma ampla gama de serviços financeiros para clientes) dominou o topo da lista, liderada pela Ant Financial.

Os bancos digitais ou “neo banks” também aumentaram sua representação para 10, com Monzo, Number26, SolarisBank e Starling Bank fazendo sua estreia no Leading 50.

Ian Pollari , Co-Lead Global da KPMG Fintech, comentou que “o Fintech100 2018 mostra a crescente diversidade e escala do mercado global de fintech. Pagamentos e empréstimos continuam sendo os setores dominantes, mas a gestão de fortunas está decolando, com 14 empresas em a lista e insurtech continuam fortes com 12 empresas.Nota este ano é o surgimento de neo-bancos, com 10 na lista – que é o começo do que acreditamos ser um crescimento acelerado dos modelos de banco digital globalmente “.

Ben Heap , sócio fundador da H2 Ventures, disse que “o apoio de capital de risco das empresas de tecnologia financeira continua acelerando. As empresas na lista de 2018 levantaram mais de US$ 52 bilhões em capital de risco, mais do que o dobro da lista do ano anterior e mais de US$ 27 bilhões de capital nos últimos 12 meses, um aumento de 366% em relação ao ano passado Em termos de grandes rodadas de financiamento, 26 empresas do Fintech 100 captaram US $ 100 milhões nos últimos doze meses. Os 50 principais levantaram mais de US$ 1 bilhão nos últimos 12 meses. “

As 10 maiores empresas em 2018 Fintech100

Ant Financial ( China )

JD Finance ( China )

Agarrar ( Cingapura )

Baidu (Du Xiaoman Financeiro) ( China )

Sofi (EUA)

Oscar Health (EUA)

Nubank ( Brasil )

Robinhood (EUA)

Atom Bank (UK)

Lufax ( China )

Selecionando o Fintech100

O Fintech100 foi selecionado após extensas pesquisas e análises globais baseadas em dados relativos a cinco fatores. Dois critérios estão relacionados ao aumento de capital, refletindo a ênfase que os investidores capitalistas de risco dão à capacidade das empresas de inovar para gerar uma vantagem competitiva sustentável a longo

Veja a lista completa do Fintech100 aqui.

Fonte: tiinside.