Nas favelas, há jovens ávidos para aprender e trabalhar com TICs

O projeto Vai na Web trabalha desde 2017 com a formação de jovens entre 16 e 29 anos no Complexo do Alemão, comunidade que reúne mais de 160 mil moradores do Rio de Janeiro e uma das áreas mais conflituosas da cidade. “Ainda assim já formamos 200 jovens. Eles aprenderam linguagem de programação. Estamos agora ensinando Inteligência Artificial, Blockchain e Internet das Coisas”, conta uma das responsáveis pela iniciativa, Aline Voes.

O Vai na Web foi um dos projetos premiados no MyInova Summit 2019, realizado em Curitiba, com organização da Assespro PR e Federação Assespro, como iniciativa de startup de TI. “TIC precisa de gerente qualificada. Precisa investir na formaçaõ de gente qualificada. E as empresas precisam enxergar as favelas, as comunidades mais pobres como celeiros de jovens ávidos para aprender, para construir uma carreira, mas que não têm acesso a essa educação de qualidade”, conta Aline Froes.

Para expandir a fronteira do Vai na Web além do Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, há, agora, uma busca por novos investidores. Assistam a entrevista com Aline Froes.

Fonte: Convergência Digital.