Ministério da Saúde/CNPq e Fundação Bill & Melinda Gales, financiam propostas de pesquisas de até 550 mil reais

O programa Grand Challenges Explorations (GCE) é uma iniciativa da Fundação Bill & Melinda Gates que visa fomentar inovações que proponham soluções práticas para os principais problemas de saúde, agricultura e desenvolvimento. Além disso, tem como objetivo contribuir para a qualificação de pesquisadores jovens e experientes por meio do apoio contínuo feito pelos parceiros envolvidos na publicação da chamada durante a execução do projeto e da promoção de parcerias entre os pesquisadores apoiados pelo programa, tanto no Brasil quanto em outros países onde o GCE é implementado. Essa chamada alinha-se à iniciativa criada em 2010 e denominada Integração do Conhecimento (da sigla em inglês KI).

O principal objetivo deste programa é desenvolver um sólido entendimento dos fatores de risco que contribuem para a ocorrência de partos prematuros, crescimento infantil inadequado e desenvolvimento neurocognitivo comprometido, por meio da utilização de ferramentas de ciência de dados.

Através do Grand Challenges Explorations – Brasil (GCE – Brasil), o Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (Decit/SCTIE) e o Departamento de Informática do SUS da Secretaria Executiva (DATASUS/SE), ambos do Ministério da Saúde (MS), juntamente com a Fundação Bill & Melinda Gates (FBMG), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e com as Fundações de Amparo à Pesquisa por meio do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) compartilham do objetivo de investir na crescente experiência do Brasil em ciência de dados, epidemiologia e saúde pública para enfrentar os principais problemas em saúde materno-infantil, saúde da mulher e saúde da criança.

Em 2018, os parceiros do GCE – Brasil lançaram a primeira chamada em ciência de dados para melhorar a saúde materno-infantil no Brasil. Na ocasião, foram selecionados 14 projetos de seis estados brasileiros e o resultado dessa experiência tem sido avaliado como positivo e promissor. Diante disso, o Ministério da Saúde, o CNPq e a Fundação Bill & Melinda Gates decidiram lançar uma segunda chamada para o financiamento de projetos em ciência de dados com foco não apenas em saúde materno-infantil, mas também em saúde da mulher e saúde da criança, considerando a interface dessas áreas com fatores de risco como vulnerabilidades sociais, raciais e geográficas, alinhadas com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.

Ainda existem importantes lacunas de conhecimento a serem preenchidas relacionadas à saúde das mulheres e das crianças, incluindo o cuidado e vigilância em saúde, somados a fatores ambientais e sociais, como escolaridade, acesso aos serviços de saúde, acompanhamento e acesso ao pré-natal, alimentação e nutrição e nível socioeconômico. Essa compreensão é necessária para determinar quais intervenções, incluindo políticas públicas de saúde, devem ser oferecidas a quais grupos de indivíduos e em que momento de suas vidas para garantir os melhores resultados.

Inscrições

  • 14 de Agosto de 2020: Abertura da Chamada
  • 28 de Setembro de 2020: Prazo final para submissão das propostas no portal online, até às 23:59 (GMT-3)
  • 12 de Novembro de 2020: Anúncio dos projetos selecionados

Submeta uma proposta

Atenção: A submissão da proposta acontece exclusivamente na Plataforma Integrada Carlos Chagas. Ela deve ser realizada em português e inglês, respeitando os modelos de submissão fornecidos neste link.

Fonte: Ki GC-Brazil MNCH Data Challenge Community