Mão de obra é o gargalo para fazer tecnologia e inovação no Brasil

A maior dificuldade, hoje, para avançar em Tecnologia está na falta de mão de obra, lamenta o presidente da Assespro Paraná, Adriano Krzyuy. O estado do Paraná quer ser o mais inovador do Brasil, mas sofre com a demanda por profissionais especializados. “Tecnologia e inovação são feitos por pessoas. E hoje temos poucas pessoas capacitadas”, observa o executivo.

À CDTV, do portal Convergência Digital, Adriano Krzyuy diz que a pouca atratividade dos jovens para tecnologia e engenharias em geral está com os problemas na base do ensino. “Não se consegue desenvolver habilidades desde cedo em áreas como lógica, matemática e o inglês. Temos de fomentar o interesse dos jovens para TICs. Essa é uma obrigação nossa”, afirma.

A transformação digital foi um dos temas principais do My Innova Summit 2019, evento realizado pela Assespro Paraná. “Todos nós tivemos que mudar por causa da jornada digital. Nossas empresas tiveram de mudar processos, passar por nova capacitação e estudar novas ferramentas”. Assistam a entrevista com o presidente da Assespro Paraná, Adriano Krzyuy.

Fonte: Convergência Digital.