Mais de 70% das empresas vão terceirizar adequação à LGPD

Uma pesquisa realizada pela Serasa Experian indica que 85% das empresas ainda não se sentem prontas para atender às novas regras da Lei Geral de Proteção de Dados (13.709/18). E isso com o prazo correndo para a vigência das novas normas, em agosto de 2020.

A pesquisa ouviu 508 empresas, de todos os portes e segmentos, em diversas regiões do país. E 72% das companhias com mais de 100 funcionários disseram que pretendem contratar serviços terceirizados para auxiliar na adequação da lei.

A pesquisa mostrou que 31,8% do setor financeiro está pronto para as exigências da lei, apresentando um desempenho duas vezes maior do que os outros setores da economia brasileira, cuja média nacional foi de 15,2%. O setor de serviços ficou na segunda posição, com 19,6%, e o varejo, por sua vez, está terceiro lugar, com 17,9% das empresas adaptadas e dentro do que pede a lei.

O setor de saúde e hospital ocupa a última posição, com apenas 8,7% das empresas em conformidade com a lei. Precisando de mais tempo para se adaptar a legislação, cerca de 34,8% das organizações dizem que vão precisar de seis meses a um ano para estarem totalmente prontas para a lei.

Fonte: Convergência Digital.