Invest Paraná apoia soluções inovadoras sustentáveis

Interessados em promover soluções inovadoras que induzam a sustentabilidade podem contar com mentoria técnica da Invest Paraná – agência responsável pela prospecção de novos negócios e atração de investimentos ao Estado. A empresa pública lança nesta quarta-feira (14) o Invest Pass, programa que tem o objetivo de impulsionar soluções sustentáveis e inovadoras por meio do desenvolvimento de um Plano de Suporte Conjunto (PSC).

A Invest será uma espécie de ponte entre os setores público e privado, ou seja, entre os paranaenses que querem empreender suas ideias e investidores e empresários. Pode ser solicitado, através do Invest Pass, apoio no desenvolvimento de um produto ou na busca de financiamento de investidores. Assim, após analisadas, as iniciativas serão encaminhadas a empresários e possíveis investidores, ou serem incorporadas pela Invest Paraná.

“Estamos abrindo oportunidades para toda a sociedade civil, especialmente para os pesquisadores dentro das universidades”, afirmou o diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin. “Pensamos em uma maneira de unir políticas públicas sustentáveis, fazendo uma conexão entre o público e o privado, ou seja, buscando em conjunto com a sociedade o que de fato podemos apresentar às empresas e ao governo”, disse.

De acordo com ele, o Governo do Estado ganha na promoção de políticas públicas de sustentabilidade. Já os interessados em desenvolver projetos ganham a oportunidade de implementar sua ideia e a visibilidade junto ao governo paranaense, a investidores, empresas nacionais e internacionais, além de organismos internacionais.

“O Paraná é um dos Estados que mais promove ações de sustentabilidade no País e queremos formalizar políticas públicas sustentáveis. Essa é a determinação do governador Ratinho Junior, promover o desenvolvimento com sustentabilidade”, afirmou o secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes.

DESENVOLVIMENTO – De acordo com o diretor técnico da Invest Paraná, Giancarlo Rocco, o programa busca projetos de desenvolvimento regional, impulsionamento econômico e tecnologia que apresente ganhos para a população e para a estrutura do Governo. “Essa linha é bem voltada a universidades e pesquisadores que, muitas vezes, desenvolvem projetos, mas não conseguem aplicá-los por falta de oportunidade”, disse.

As iniciativas serão avaliadas de acordo com critérios que atendam os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), conforme a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU); que apresentem novas políticas sustentáveis de desenvolvimento local com potencial de replicação; que sejam originais e criativos; e que possuam impacto junto à sociedade quanto à preservação ambiental, o uso racional de recursos naturais, mitigação das mudanças climáticas, redução da pobreza, inclusão econômica e promoção da integração social.

O consultor técnico em desenvolvimento econômico da Invest Paraná, Bruno Banzato, explica que soluções sustentáveis se tornaram ainda mais relevantes em decorrência da Pandemia da Covid-19. “A pandemia trouxe uma nova perspectiva para a questão econômica e de políticas de governo. Ter soluções inovadoras que preservem o meio ambiente e que reforcem a inclusão social e econômica é a nova onda mundial”, afirmou. “Entre as novas tendências mundiais após a pandemia, a sustentabilidade estará no topo”, completou.

CADASTRO – Podem participar do processo seletivo as universidades e vinculadas como fundações e associações; pesquisadores ou grupos de pesquisa vinculados a instituições de ensino ou entidades de fomento à pesquisa; Organizações da Sociedade Civil não-governamentais e internacionais; agências de cooperação internacional; microempreendedores individuais; e pequenas e médias empresas.

Os interessados podem cadastrar suas ideias no site da Invest Paraná (http://www.investparana.org.br).

Fonte: Agência de Notícias do Paraná