Gartner alerta que líderes de I&O devem ampliar busca por estratégias de inovação tecnológica para o futuro de suas organizações

Analistas irão explorar as principais tendências da indústria na Conferência Gartner Infraestrutura de TI, Operações & Estratégias de Cloud, nos dias 14 e 15 de abril, em São Paulo

Gartner, Inc., líder mundial em pesquisa e aconselhamento para empresas, alerta que os líderes de Infraestrutura & Operações (I&O) devem acelerar suas iniciativas em busca de inovação tecnológica para suportar as demandas apresentadas pela ascensão de novas ferramentas e soluções de infraestrutura digital.

Isso porque, até 2025, 60% dos líderes de I&O irão adotar tecnologias disruptivas para impulsionar a inovação de seus negócios – em 2019, apenas 5% das companhias utilizavam soluções consideradas inovadoras para o setor. Para apoiar esse movimento, os analistas do Gartner avaliam que os líderes devem focar seus esforços em uma estratégia de Infrastructure Led-Disruption (ILD – ou Processos de Criação de Infraestruturas Disruptivas, em português) para permitir a real disrupção positiva da área de Infraestrutura e Operações de TI rumo ao futuro.

Segundo o Gartner, Infrastructure Led-Disruption é a adoção de estratégias voltadas à otimização das operações e negócios por meio da inovação contínua das tecnologias, processos, pessoas e habilidades aplicadas no cenário de I&O. Em outras palavras, trata-se da aplicação de uma política de inovação recorrente, com ações dedicadas a impulsionar a transformação das ferramentas e serviços de I&O nas empresas.

Como resultado, a aplicação do ILD permitirá que os líderes de I&O sejam mais proativos e conhecidos pela inovação do modelo de negócios das empresas, e não somente pela infraestrutura que gerenciam. O ILD é uma oportunidade para os líderes de I&O mostrarem os recursos de sua organização para ajudar os líderes de negócios a terem sucesso no fornecimento de produtos inovadores. Para fazer isso, os líderes de I&O precisam aproveitar as tecnologias disruptivas, como Nuvem e Inteligência Artificial, e criar uma força de trabalho qualificada para ampliar a resiliência e a adaptabilidade organizacional sistêmica da operação. Os gestores também precisam usar o DevOps e outras abordagens ágeis para transformar seus processos para um modelo operacional orientado a produtos, que mostre impacto direto nos negócios por meio da inovação.

Além disso, o ILD possibilita que as organizações do setor privado e público ajustem seus processos, endereçando respostas práticas para temas como redução de custos e melhoria de performance. Não por acaso, 64% dos executivos já consideram que a tecnologia atual está atrapalhando os modelos de negócios existentes, indicando que as ferramentas digitais precisam se adequar às demandas atuais.

Isso significa, portanto, que os líderes de I&O devem ser progressivos, ousados e assertivos no uso das estratégias de ILD. Eles devem concentrar suas iniciativas na geração de valor à empresa, e não apenas responder ou reagir aos requisitos comerciais. Mais importante, eles devem construir alianças com os executivos e líderes de negócios, gerentes de produtos e outras partes interessadas importantes para impulsionar o posicionamento de suas organizações no mercado.

Com as demandas de negócios exigindo respostas cada vez mais ágeis e baseadas na inovação contínua, os líderes de I&O precisam decidir qual papel desempenharão nessa transformação e o uso do Infrastructure Led-Disruption pode ser um caminho prático para a valorização desse setor. Com o ILD, os líderes podem estar na vanguarda da construção de uma infraestrutura orientada à disrupção, ao invés de apenas contentar-se em serem guardiões da infraestrutura herdada. Na Pesquisa de Líderes Executivos de I&O de 2019 do Gartner, por exemplo, os entrevistados indicaram que suas três principais metas de I&O são melhorar a maturidade de suas companhias (45%), melhorar a qualidade dos serviços (44%) e aumentar a agilidade das operações (38%).

Pesquisas adicionais sobre o tema serão apresentadas durante a Conferência Gartner Infraestrutura de TI, Operações & Estratégias de Cloud, que acontece nos dias 14 e 15 de abril, em São Paulo. No evento, analistas brasileiros e internacionais vão apresentar conexões vitais entre tecnologias, gestão e cultura com um foco especial na liderança de cada função de Infraestrutura e Operações (I&O). Participantes poderão interagir com mais de 1.000 profissionais, visionários e líderes de TI.

Até 13 de março, as inscrições para a Conferência Gartner Infraestrutura de TI, Operações & Estratégias de Cloud estão com desconto de R$ 575,00. Há preços diferenciados para profissionais do setor público e descontos para grupos. Interessados devem contatar o Gartner pelo e-mail conferencias.brasil@gartner.com, pelos telefones (11) 5632-5968 e 0800 006 3028, ou pelo site www.gartner.com/pt-br/conferences/la/infrastructure-operations-cloud-brazil.

Sobre o Gartner

Gartner, Inc. (NYSE: IT) é a principal empresa de pesquisa e consultoria do mundo e membro do S&P 500. Fornecemos aos líderes de negócios insights, conselhos e ferramentas indispensáveis para alcançarem suas prioridades em missões críticas e para desenvolverem organizações de sucesso no futuro. Nossa combinação incomparável de pesquisas lideradas por especialistas e orientadas por profissionais e baseadas em dados aconselha os clientes para a tomada de decisões corretas sobre os assuntos que mais importam. Somos confiáveis como um recurso de apoio e parceiro crítico para mais de 15.000 empresas, em mais de 100 países – por meio de todas as principais funções e para todos os tipos de empresa. Para saber mais como ajudamos executivos com poder de decisão a impulsionarem o futuro dos negócios, visite: www.gartner.com.