Estados Unidos destinam faixa de 3,5 GHz para 5G

A Federal Communications Commission, o regulador de telecomunicações dos Estados Unidos, aprovou a destinação da faixa de 3,5 GHz para o 5G, em decisão que também modificou o prazo das licenças nessa fatia do espectro de três para 10 anos.

Ao revisar a destinação – até então, a banda de 3550 a 3700 MHz era reservada para o uso de radares da Marinha americana – a FCC também modificou o alcance das licenças de uso, que deixaram de ser baseadas em áreas censitárias e passaram para outorgas municipais (condados, nos EUA).

No Brasil, vale lembrar, a faixa de 3,5 GHz também deverá ser destinada ao 5G, conforme já indicou a Anatel. A questão aqui é superar as resistências da radiodifusão, uma vez que o uso dessa faixa já foi tentado anteriormente, mas esbarrou na interferência em antenas parabólicas.

Nas votações realizadas na terça, 23/10, pela FCC, o regulador dos EUA também decidiu destinar a faixa de 6 GHz para aplicações não licenciadas – para o regozijo especialmente do uso em redes WiFi. No total são 1200 MHz, entre 5925 GHz e 7125GHz.

Fonte: Convergência digital.