Estado Assina Acordo para Implementar a Metodologia RIS3

Integrantes do Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC) de Valência, na Espanha, fazem até sexta-feira (17) visitas técnicas a setores inovadores Governo do Estado nas cidades de Curitiba e Foz do Iguaçu. O programa tem o objetivo de habilitar cidades e regiões a se conectarem e compartilharem soluções para problemas em comum.

Eles participaram de uma reunião com representantes do Governo nesta segunda-feira (13), no Palácio das Araucárias. No encontro foi assinado um acordo entre o Instituto Valenciano de Competitividade Empresarial, Agência Paraná Desenvolvimento (APD) e a Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação do Paraná para viabilizar a implementação da metodologia RIS3.

Bastante utilizada nas políticas de desenvolvimento regional da União Europeia, a metodologia reúne ferramentas que se baseiam em conhecimento e inovação para promover mudanças estruturais de economias regionais. No Paraná a metodologia será implantada no setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

O secretário do Planejamento e Projetos Estruturantes, Valdemar Bernardo Jorge, falou na reunião sobre a importância da integração e cooperação. “O Paraná quer ser o Estado mais moderno e inovador do país, e com a cooperação e a integração traremos novas ideias em benefício da população”.

Segundo o gerente técnico da Agência Paraná Desenvolvimento, Jean Alberini, o acordo é a concretização de um projeto que surgiu durante uma visita técnica no Estado de Valência. “Estamos muito otimistas com os frutos dessa parceria, colaborando com o desenvolvimento regional e questões técnicas para melhorar o intercâmbio de empresas”.

O superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Nelson Bona, destacou as características do sistema estadual de ensino superior do Paraná e a importância da pesquisa para o desenvolvimento do Estado.

“Somos referência pela nossa capilaridade e capacidade de desenvolver pesquisas, atividades de extensão e formação de pessoal que atenda às demandas regionais. O acordo vai permitir avançar ainda mais nessa questão”, destacou Bona.

Este é o terceiro projeto do programa realizado com colaboração europeia. As equipes técnicas do IUC selecionaram a região de Valência para o desenvolvimento do projeto com o Paraná, considerando a convergência em áreas de interesse e também a semelhança do processo de desenvolvimento econômico entre as regiões espanhola e a paranaense.

O QUE É O IUC – Financiadas pela União Europeia, as atividades do Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC) darão suporte a diversos países para que possam atingir objetivos políticos tanto em nível local quanto relacionados a importantes acordos internacionais sobre desenvolvimento urbano e mudanças climáticas, como a Agenda Urbana, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e o Acordo de Paris.

Além do Brasil, os países-alvo incluem China, Índia, Japão, Canadá, México, Estados Unidos, Argentina, Chile, Colômbia e Peru. Para a iniciativa do Pacto Global de Prefeitos, Coreia do Sul, Vietnã, Indonésia, Malásia, Singapura e todos os países da região da América Latina e Caribe (LAC) estão incluídos no programa.

PRESENÇAS – O evento contou com a presença da delegação da Suécia representada pela conselheira de Ciência e Inovação da Embaixada da Suécia no Brasil, Ana Carolina Bussacos Maranhão; o diretor de Desenvolvimento Regional e Urbano do Ministério do Desenvolvimento Regional, João Mendes da Rocha Neto; o coordenador da Rota da Tecnologia da Informação e Comunicação, também do ministério; André Rafael Costa e Silva.

Também participaram o presidente da Agência Paraná de Desenvolvimento, José Eduardo Bekin; o presidente da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação – Paraná Adriano Krzyuy; o diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fundação Araucária, Luiz Márcio Spinosa; e o gerente da Assessoria de Pesquisa e Desenvolvimento da Companhia de Saneamento do Paraná, Gustavo Rafael Collere Possetti.

Do Estado de Valência estiveram presentes na reunião os representantes do Instituto Valenciano de Competitividade Empresarial Roberto Parras Cortes e Roberto Algarra Alberto; do Instituto Tecnológico de Informática, Daniel Saez; do Parque Científico da Universidade de Valência, Juan Antonio Raga; além de Borja Vivanco Diaz, da Instituição especializada na definição, implementação e avaliação da metodologia RIS3 na América Latina.

 

Fonte: Secretaria do Planejamento e Coordenação General.