Empresários da Espanha conhecem as inovações de Curitiba

O prefeito Rafael Greca participou, nesta segunda-feira (12/11), em Barcelona (Espanha), de um debate sobre os desafios e oportunidades das cidades inteligentes brasileiras, na sede da Foment del Treball Nacional, a Câmara de Comércio da Catalunha.

“Apostamos na ideia da inovação e estamos desencadeando um processo criativo sem precedentes, pois Curitiba tem o compromisso de melhorar a qualidade de vida de sua população com uma gestão moderna e inteligente”, afirmou Greca, durante o encontro que antecede a abertura do Smart City Expo World Congress, nesta terça-feira (13/11), o maior evento de cidades inteligentes do mundo.

Segundo o prefeito, desde o ano passado, a capital vem recuperando sua capacidade de inovar e ser novamente referência nacional em cidades inteligentes. Ele destacou que a Prefeitura vem incentivando e fomentando esse ambiente de inovação da cidade com o Vale do Pinhão, o movimento da Prefeitura e do ecossistema para incentivar ainda mais o ambiente da inovação da cidade.

 “O Vale do Pinhão é focado em cinco pilares: educação/empreendedorismo, ações integradas de incentivo à tecnologia, revitalização de regiões com emprego e renda, fomento (incentivos) e integração/articulação”, lembrou o prefeito. Ele discursou em nome dos demais prefeitos brasileiros presentes ao encontro por ser o vice-presidente de Inovação da Frente Nacional de Prefeitos.

Greca lembrou ainda que a recuperação econômica do município possibilitou o relançamento, este ano, do Curitiba Tecnoparque, programa de atração de empresas de base tecnológica para a capital. Suspenso para novas adesões desde 2013, o programa volta a oferecer desconto de 5% para 2% no Imposto Sobre Serviços (ISS) às empresas que investem em tecnologia e inovação.

“Além disso, a cidade vem desenvolvendo ações que buscam melhorar o dia a dia da população, como o aplicativo Saúde Já, que permite ao usuário do posto de saúde agendar, pelo celular, o atendimento médico; e iniciativas públicas para fomentar a cultura da inovação na cidade, como os Faróis do Saber e Inovação, espaços públicos makers, em que as crianças podem construir protótipos com impressora 3D; as salas de aula com o Google for Education; e o Worktiba Barigui, o primeiro coworking público do país”, complementou o prefeito.

Comitiva

O encontro na sede do Foment del Treball Nacional faz parte da programação da comitiva de dirigentes municipais, executivos e empresários brasileiros durante o Smart City Expo World Congress. O prefeito Rafael Greca integra essa missão e recebeu uma saudação especial dos dirigentes da entidade por Curitiba ser a primeira cidade do Brasil a sediar o Smart City Expo, que ocorreu em março deste ano e é organizado pela empresa curitibana iCities.

A segunda edição do evento na capital irá ocorrer nos dias 21 e 22 de março de 2019. Nas Américas, apenas a capital paranaense, Buenos Aires (Argentina) e Puebla (México) são cidades-sede, fora da Espanha, do mais importante evento de cidades inteligentes do mundo.

Integrantes da comitiva brasileira, participaram do encontro Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba de Inovação; Adriano Krzyuy, presidente da Assespro-Paraná; e os prefeitos Edvaldo Nogueira (Aracaju), Francisco Lacerda (Foz do Iguaçu), Gustavo Reis (Jaguariúna), Cinthia Ribeiro (Palmas), Duarte Nogueira (Ribeirão Preto), Felício Ramuth (São José dos Campos) e José Crespo (Sorocaba).

O evento teve ainda a participação da embaixadora Maria Elisa Berenguer, cônsul-geral do Brasil em Barcelona; de Josep Piqué, presidente da La Salle Technova e ex-CEO da 22@ Barcelona; de Javier Mirallas, presidente da Câmara de Comércio Brasil-Catalunha; de Joan Canais, presidente da Comissão Internacional da Foment del Treball; de Paula Melich, gerente para o Brasil do  Smart City Expo World Congress; de Joan Clos, ex-diretor executivo da ONU Habitat e ex-prefeito de Barcelona; de Josep Buades, diretor do Escritório de Catalonia Trade & Investment (Acciô); de Francesc Arbós, diretor executivo da Câmara de Comércio Brasil-Catalunha; e de Richard Frigola, vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil-Catalunha.

Fonte: Agência de Notícias da Prefeitura de Curitiba.