Em 2017, Lei do Bem incentivou R$ 10 bilhões em P&D de 1,5 mil empresas

A Lei do Bem (Lei 11.196/2005) promoveu investimentos da ordem de R$ 10 bilhões em atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação em 2017, segundo balanço divulgado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

De acordo com esse levantamento, cerca de 1,5 mil empresas submeteram mais de 10 mil projetos ao uso dos benefícios fiscais previstos na legislação – e que ainda serão avaliados por consultores especialistas para a verificação do cumprimento de todos os requisitos exigidos.

Para o MCTIC, “trata-se do principal instrumento de estímulo à inovação nas empresas brasileiras, beneficiando todos os setores da economia”. Segundo a pasta, os investimentos feitos pelas empresas “são sempre muito superiores aos valores da renúncia fiscal”. Nas contas do MCTIC, em 2016 os investimentos chegaram a R$ 8,7 bilhões, enquanto a renúncia fiscal foi de R$ 1,7 bilhão.

Fonte: Convergência Digital.