Curitiba é a primeira cidade do país a integrar a iniciativa global City Possible

Curitiba foi escolhida como a primeira cidade do Brasil a integrar o programa City Possible do Grupo Mastercard, parceiro global do Programa Cidades do Pacto Global das Nações Unidas (ONU). A iniciativa internacional reúne especialistas e cidades que querem desenvolver de forma colaborativa soluções para a formação do futuro das cidades.

O anuncio foi feito ao prefeito Rafael Greca, nesta terça-feira (13/11), pelo vice-presidente executivo da Mastercard, Miguel Angel Gamiño Jr.. O encontro ocorreu em Barcelona (Espanha), no primeiro dia do Smart City Expo World Congress, maior evento de cidades inteligentes do mundo. O congresso, que acontece até quinta-feira (15/11), reúne 700 delegações de cidades, 840 expositores e 400 palestrantes.

O City Possible é uma plataforma para compartilhar parcerias público-privadas com o objetivo de desenvolver soluções urbanas em todo o mundo. “O City Possible se alinha ao conceito do Vale do Pinhão, o movimento da Prefeitura e do ecossistema para incentivar ainda mais o ambiente da inovação da cidade”, salienta o prefeito.

O ambiente digital da plataforma reúne conteúdos multimídia que destacam os desafios que as cidades enfrentam e as formas como os setores público e privado podem trabalhar em conjunto para beneficiar cidades, empresas e pessoas. A partir de janeiro, uma missão do Programa Cidades da ONU e da Mastercard deve vir a Curitiba para iniciar o desenvolvimento de projetos em áreas de inovação para a cidade.

“Com esta parceria, Curitiba se consolida como uma cidade global na área inovação. Os olhos do mundo estão novamente voltados para nossa cidade”, reforça Rodolpho Zannin Feijó, assessor de Relações Internacionais da Prefeitura.

Já integram a plataforma do City Possible no mundo cidades como Atenas (Grécia)(, Aurora (EUA), Baltimore (EUA), Dubai (Emirados Árabes), Dublin (Irlanda), Helsinki (Finlândia), Honolulu (EUA), Kansas City (EUA), Melbourne (Austrália), Praga (República Tcheca), San Diego (EUA), Altamonte Springs (EUA) e Liverpool (AU).

Também participaram do encontro a primeira-dama Margarita Sansone; a presidente da Agência Curitiba, Cris Alessi;  o secretário municipal de Finanças, Vitor Puppi; o secretário de Desenvolvimento Urbano do Paraná, Sílvio Barros; Rosane de Souza, diretora do Programa Cidades do Pacto Global da ONU; Patrícia Purcell, responsável por parcerias do Programa Cidades do Pacto Global da ONU; Ronald Lenz, consultor de Desenvolvimento de Negócios e Estratégia do do Pacto Global da ONU; Gláucio Geara, presidente da Associação Comercial do Paraná (ACP); e Roberto Marcelino, Caio Castro e Eduardo Marques, diretores da iCities, empresa responsável pelo Smart City Expo Curitiba 2019.

Congresso

Além do encontro com o vice-presidente executivo da Mastercard, o prefeito Rafael Greca participou da abertura do Smart City Expo World Congress e visitou estandes da área de exposição. Ele conheceu um caminhão de coleta de lixo totalmente elétrico da marca espanhola Irizar, que tem capacidade para dez toneladas e tem baterias recarregadas toda vez que o motorista pisa no freio.

Além disso, Greca recebeu informações sobre um novo sistema de muralha digital desenvolvido na Europa, que integra todas as áreas de uma cidade, como segurança, mobilidade e meio ambiente (gestão do lixo urbano).

Fonte: Agência de Notícias da Prefeitura de Curitiba.