Comissão aprova documentação de organização para gestão de pesquisa em semicondutores

A Chamada Pública lançada pelo MCTI tem o objetivo de contratar organização social para gestão de em semicondutores, microeletrônica, nanoeletrônica e áreas correlatas

Foi finalizado o julgamento do processo de verificação de documentação e habilitação da empresa Softex no âmbito do Chamamento Público nº 11/2021 que visa selecionar organização social para a gestão, pesquisa e formação de recursos humanos de empreendimentos de base tecnológica em semicondutores, microeletrônica, nanoeletrônica e áreas correlatas.
O processo de julgamento foi iniciado em 26 de novembro de 2021, mas foi adiado por conta de dúvidas sobre a adequação da composição do Conselho de Administração que estava apresentado na proposta da Softex em relação ao que a legislação exige e a adequação ao que o Edital exigia. A comissão de seleção formada por membros do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) decidiu na ocasião pela suspensão da leitura.
A empresa enviou nova documentação e após um novo parecer jurídico foi lida a ata de aprovação da empresa pelo presidente da comissão de seleção responsável pelo Edital, Marcelo Bortolini (FINEP/MCTI). “A Comissão atestou que todos os documentos aceitos foram me modo correto apresentados”, destacou Marcelo durante a leitura do documento.
O prazo de vigência do Contrato de Gestão será de 10 anos contados a partir da assinatura do contrato. A empresa deverá desenvolver o fomento e a execução de atividades de pesquisa científica, desenvolvimento tecnológico, extensão tecnológica, transferência de tecnologia, formação e capacitação de recursos humanos, além da geração e promoção de empreendimentos de base tecnológica em semicondutores.
Fonte: MCTI