Com palestrante internacional, o futuro blockchain é discutido no MyInova 2018

Henry Liu, COO Yeomans Capital e Ex-Facebook E-Commerce

Uma quebra de paradigmas que está acontecendo e de mudanças constantes e sem limites. É o Blockchain, um dos principais temas do MyInova Summit 2018, evento internacional de tecnologia da informação, organizado pela Asssespro-Nacional e Paraná, no Parque Tecnológico Iguaçu (PTI), em Foz do Iguaçu, nos dias 2 e 3 de agosto de 2018. Para falar sobre o assunto, o escolhido foi Henry Liu, um verdadeiro cidadão global, tendo passado tempo em muitos lugares diferentes ao redor do mundo. Henry morou no Japão por 8 anos, China por 7, Boston por 10 e atualmente em Austin por 3. Tem uma experiência profissional diversificada que, combinada com diversidade cultural, faz dele com capacidade de unir diferentes culturas empresariais e produzir valor. Ele esteve envolvido no lado financeiro do empreendedorismo por 3 anos e depois em Marketing e trabalhou no Facebook. “O MyInova reúne muitas empresas, empreendedores, traz as novidades da tecnologia. É um evento de grande importância e que procura antecipar tendências”, disse o Liu.

Ele mostrou como as novas tecnologias estão transformando a economia e os hábitos das pessoas mundialmente. Segundo ele, é preciso pensar agora como estará a tecnologia em 2030. “Não é tanto tempo assim até chegar em 2030, mas os empregos mudaram e estão mudando. As pessoas trabalham apenas com a tecnologia. Os meios de comunicação mudaram. A relação com a moeda física também, só usamos cartões para fazer compras ou aplicativos. Praticamente não andamos mais com dinheiro na carteira. As grandes redes e marcas do passado estão perdendo espaço para as soluções tecnológicas baratas e rápidas, como Uber. É preciso inovar para se manter no mercado”, explica, para reforçar o conceito blockchain, também conhecido como “o protocolo da confiança”. Uma tecnologia que visa a descentralização como medida de segurança. São bases de registros e dados distribuídos e compartilhados que têm a função de criar um índice global para todas as transações que ocorrem em um determinado mercado. Além disso, a blockchain proporciona informações mais detalhadas pelo usuário, assim é possível atender cada vez como mais precisão gosto e demandas dos consumidores. A blockchain é vista como a principal inovação tecnológica do bitcoin.