Vale do Pinhão

Vale do Pinhão é a denominação dada ao Ecossistema de Inovação de Curitiba. A Prefeitura de Curitiba, através da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação S/A, apoia o Vale do Pinhão através de ações sistemáticas, tornando o ecossistema como parte integrante do plano de cidade.

O ecossistema de inovação é composto por todos e quaisquer atores cujo objetivo é o desenvolvimento de inovação, como por exemplo, universidades, aceleradoras, incubadoras, fundos de investimento, centros de pesquisa & desenvolvimento, startups, movimentos culturais e criativos, a sociedade, etc. Além da Prefeitura de Curitiba, outras instituições também fomentam o ecossistema, dentre elas, a Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (ASSESPRO-PARANÁ), o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná (SEBRAE-PR), a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP) e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (FECOMERCIO-PR).

Também fazem parte do grupo inicial de estudos do ecossistema as universidades Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), a Universidade Positivo (UP) e a Universidade Federal do Paraná (UFPR).

A Prefeitura de Curitiba lançou as ações em 2017 baseado em três pilares principais: Inovação na Prefeitura, Internacionalização e Crescimento do Ecossistema, sendo ao todo 22 ações.

Assespro-Paraná & Vale do Pinhão

A Assespro-Paraná está entre as principais entidades apoiadoras do Vale do Pinhão, atuando como uma das entidades protagonista nas ações executadas no ecossistema de Curitiba. Desde o início do movimento, a Assespro-Paraná participou e articulou ações junto ao ecossistema Vale do Pinhão. Alguns destaques do Vale do Pinhão e startups: