Vale do Pinhão promove mega evento de inovação com palestras, exposições e até corrida de drones

Primeiro evento organizado pelo ecossistema de inovação da capital, o Vale do Pinhão vai sediar, no fim de semana dos dias 3 e 4 de março, o Movimenta Curitiba. O encontro ocorrerá no espaço Usina5, no Prado Velho, e vai oferecer palestras e oportunidades de negócios na área de inovação para estudantes, empreendedores e pessoas em busca de novos desafios. O evento será gratuito e é uma extensão do Smart City Expo Curitiba 2018, que termina dia 1º de março.Inscrições para o Movimenta Curitiba no site oficial do evento http://www.movimentacuritiba.com.br/inscricao/

“A inovação é reconhecida como uma das principais formas para ampliar a competitividade da economia de uma cidade. Por isso, todo o ecossistema se uniu para promover um evento de oportunidades de negócios durante a semana de inovação de Curitiba, que começa com o Smart City Expo”, salienta Tiago Francisco da Silva, diretor técnico da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação. Ele lembra que o Vale do Pinhão é o ecossistema de inovação da capital e região, que é fomentado pela Prefeitura de Curitiba e é formado por empreendedores, startups, poder público, empresas, universidades e terceiro setor.

Segundo Tiago, 100 palestras e 47 exposições serão realizadas durante o Movimenta Curitiba. Além disso, 50 startups estarão apresentando seus projetos. O evento será ainda um ponto de encontro e lazer para passar o fim de semana, com música, food trucks e até corridas de drones. Intervenções culturais promovidas pela Fundação Cultural de Curitiba e a divulgação do Worktiba, primeiro coworking público do Brasil, também ocorrerão no festival.

A programação detalhada do Movimenta Curitiba será divulgada nos próximos dias pelo site oficial www.movimentacuritiba.com.br .

Pacto

O Movimenta Curitiba é uma das três ações estabelecidas pelo Pacto de Inovação Curitiba, lançado em dezembro do ano passado por 31 instituições públicas e privadas que integram o Vale do Pinhão.

Aprovado por empreendedores, startups, poder público, empresas, universidades e terceiro setor, durante encontro no Engenho da Inovação, o Pacto de Inovação prevê, além do Movimenta Curitiba, a criação de uma agenda colaborativa dos eventos do ecossistema para 2018 e a discussão e definição das linhas gerais de uma estratégia de inovação para a cidade.

Leonardo Tostes, da Hotmilk, aceleradora da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), lembra que a cidade já tem uma série de pessoas, empresas e organizações envolvidas com estímulo à inovação e ao empreendedorismo, mas que não conversavam entre si. “Precisamos cada vez mais unir forças para desenvolver empresas inovadoras. Temos que trabalhar de forma mais cooperativa”, salienta ele.

Marco Mazzonetto, coordenador da Endeavor no Paraná, reforça ainda que o crescimento do ecossistema de inovação da capital precisa ser um compromisso de todos. “Temos que multiplicar, coordenar e orientar ações na mesma direção, rumo ao empreendedorismo de alto impacto”, avalia Marco.

Para o diretor técnico da Agência Curitiba, Tiago Francisco da Silva, o Pacto de Inovação tem como objetivo aumentar os níveis de conexão e a convergência das ações do ecossistema de inovação de Curitiba a fim de multiplicar resultados e mostrar as potencialidades do ecossistema a investidores, empreendedores e instituições. “Precisamos unir forças para atrair empresas, investimentos e tecnologia”, argumenta ele.

Saiba mais sobre o Vale do Pinhão

Idealizado pelo prefeito Rafael Greca, o Vale do Pinhão contempla uma série de ações integradas de incentivo à tecnologia, revitalização de regiões com emprego e renda, criação de novas empresas e educação voltada à cultura da inovação.

“O Vale do Pinhão é um grande ecossistema de incentivo à inovação, empreendedorismo e desenvolvimento”, afirma Greca. O nome do projeto é uma alusão ao Vale do Silício, região no estado da Califórnia (EUA), que é sede da Universidade de Stanford e de empresas como Google, Facebook e Apple.

Desde o início do ano, a Prefeitura, através da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, vem estimulando empreendedores, startups, universidades, investidores, grandes empresas e o terceiro setor a atuarem em conjunto para fortalecer o desenvolvimento de negócios inovadores na capital.

O coração do Vale do Pinhão é o Engenho da Inovação (antigo Moinho Rebouças), no bairro do Rebouças, que se transformou em um moderno espaço para estimular a inovação e a criação de novas empresas, através de uma agenda ativa e qualificada de ações que fomentam o networking e a qualificação profissional.

Confira toda a programação de eventos e como se inscrever no programa para startups no site www.valedopinhao.agenciacuritiba.com.br.