Paraná tem 3 instituições credenciadas ao CATI

A Softex tornou público o resultado do EditalChamada para Habilitação das Instituições Credenciadas ao CATI”, no âmbito do Programa Prioritário Softex, realizada entre os dias 21 de março e 15 de maio de 2018.

Os resultados seguiram os critérios apresentados no item “5. Pontuação para Qualificação das Instituições Credenciadas Junto ao CATI” do edital. Os resultados classificam as Instituições quanto a experiência de atuação dentro das linhas temáticas propostas no item “3. Linhas Temáticas” e critérios apresentados no “item 4. Para Habilitação das Instituições Credenciadas ao CATI”.

A seleção das instituições as tornam habilitadas a executarem projetos de pesquisa em parceria com a Softex no âmbito do Programa Prioritário Softex junto ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Para a chamada do Programa Tecnologias Digitais Emergentes – TechD, a Softex disponibilizará, por meio de chamada pública, a lista das Instituições Credenciadas ao CATI e as linhas temáticas propostas na Chamada afim de selecionar as empresas de setores produtivos que tenham interesse em participar e coinvestir com a Softex no Programa TechD.

Das 29 instituições credenciadas na chamada, três representam o Paraná: Senai Londrina, Itaipu e Cits. Os representantes do Paraná estão entre os 9 primeiros colocados, sendo Senai na 4ª posição, Itaipu em 5º e Cits na 9ª posição. A primeira posição do edital foi conquistada pelo CPqD.

Para Rosmar Aparecido da Luz, consultor técnico do Instituto Senai de Tecnologia da Informação e Comunicação de Londrina, o “posicionamento do Senai na 4ª posição é um grande marco para Londrina e o Paraná, pois reflete o apoio do ecossistema às iniciativas realizadas e futuras”. Rosmar destaca, ainda, “o apoio que a Assespro-Paraná realiza para o Instituto Senai e todas as entidades no estado, além da articulação que vem sendo executada no âmbito da governança de TIC, consolidando o Paraná como estado produtor de tecnologia e inovação”.

O Presidente da Assespro-Paraná, Adriano Krzyuy, reforça que “o setor de tecnologia e inovação no Paraná vem se fortalecendo cada vez mais, oscilando nas primeiras posições entre os principais indicadores setoriais”. Krzyuy comenta ainda que “constar com 3 instituições do Paraná credenciadas entre as 9 primeiras posições no país junto ao CATI, demonstra um setor de tecnologia e inovação no Paraná cada vez mais forte e com grandes perspectivas e ações à frente”.

Clique aqui para acesso ao documento oficial da publicação da Softex.