Paraná participa do Programa de Cooperação Urbana Regional entre a América Latina e Caribe

Parceria entre o estado e a região de Valência trará benefícios tecnológicos para diversas áreas econômicas paranaense

O Paraná, por meio da Governança Estadual de TIC, iniciou projeto com a região de Valência na Espanha em reunião na última quarta-feira (28). A proposta é uma ação do Programa de Cooperação Urbana Regional entre a América Latina e o Caribe (IUC-LAC). O objetivo do projeto é desenvolver as competências da economia paranaense por meio da inovação, em conjunto com a região espanhola incluindo as tecnologias digitais. Este é o terceiro projeto realizado com colaboração europeia conquistado pela Governança Estadual de Tecnologia e Informação, beneficiando o desenvolvimento da economia do estado em conjunto com as TIC.

Durante a reunião, foram discutidas as linhas e grupos de trabalho que comporão as linhas de trabalho conjuntas. O programa buscará soluções por meio das tecnologias para a gestão de energia, recursos hídricos, processos industriais, alimentação, saúde e smart-cities*. Para Décio Sperandio, diretor-geral da Secretaria Estadual da Ciência e Tecnologia (SETI), “a esperança é que nós possamos avançar muito nestas áreas com a implementação do projeto”.

Para Adriano Krzyuy, Presidente da Assespro-Paraná, “fomentar o desenvolvimento urbano sustentável em cooperação tanto com os setores público e privado é primordial para a sociedade”. Krzyuy destaca também que “tem sido um grande desafio suprir a maior demanda por serviços de energia, água, saúde, educação ou transporte, e a tecnologia e inovação poderão ajudar a construir um futuro próspero atuando de forma transversal em todos os setores”.

Entre os presentes na reunião de lançamento estavam os representantes do Programa de Cooperação Urbana Regional entre a América Latina e o Caribe (IUC-LAC), da Agência Regional de Inovação de Valência (Ivace), da Associação Europeia de Agências de Desenvolvimento (EURADA), da Prefeitura de Valência, da Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia (SETI), do Parque Tecnológico Itaipu, do Serviço Nacional de Aprendizagem Nacional do Paraná (Senai-PR), do  Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Paraná (Sebrae-PR) do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), da Secretaria Estadual de Planejamento e Coordenação Geral e da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-PR).

*Smart-cities: são cidades inteligentes que buscam a integração e a colaboração por meio da tecnologia.