Assespro-PR participou de missão ao Smart City Expo em Barcelona

Durante os dias 12 a 16 de novembro, o presidente da Assespro-Paraná, Adriano Krzyuy, participou da missão internacional ao Smart City Expo World Congress em Barcelona, integrando a comitiva de executivos, empresários e lideranças municipais brasileiros para um roteiro de visitas a projetos inovadores. A missão foi promovida pelo iCities, Global Business e La Salle Technova Barcelona. A comitiva teve a participação de cerca de 50 pessoas, representando 14 cidades de 6 estados do Brasil.

Foram realizadas uma série de visitas técnicas e tours guiados, destacando-se:

# Barcelona Supercomputing Center

# Sede de Foment del Treball

# Ca l’Alier e 22@Barcelona

# Indra Systems

# Microsoft Intelligent Cities Forum

# Acció

# Generalitat de Catalunya

# Cisco IoE Innovation Center

# Barcelona Activa

Na noite do dia 13, a comitiva foi recepcionada na Câmara de Comércio Brasil-Catalunha, com a presença da cônsul-geral do Brasil em Barcelona, Maria Elisa Berenguer, do presidente da Câmara de Comércio Brasil-Catalunha, Javier Mirallas, do ex-diretor executivo da ONU Habitat e ex-prefeito de Barcelona, Joan Clos, e demais autoridades.

A participação no Smart City Expo World Congress ocorreu entre os dias 14 a 16 de novembro, com visitas aos estandes e presenças em palestras. O evento contou com +21.300 participantes, +840 stands, +700 cidades, +140 países, +400 speakers e +60 eventos paralelos.

“O objetivo da comitiva foi proporcionar uma experiência inédita aos representantes dos governos e executivos. Mostramos os diferenciais que tornam Barcelona uma referência quando falamos de smart cities, além de colocá-los em contato com novas possibilidades de inovação e tecnologias que podem ser utilizadas no Brasil”, destacou o diretor de marketing e cofundador do iCities, André Telles, um dos organizadores da missão.

Para o presidente da Assespro-Paraná, Adriano Krzyuy, “o desenvolvimento de uma cidade inteligente é um projeto altamente complexo. Mas, constatamos no evento uma sinergia muito grande entre grandes e PMEs provedores de produtos e soluções de TIC. Ficou claro que a transformação digital das cidades do futuro, passa pelos pequenos fornecedores de soluções de TIC, e há uma excelente oportunidade para as empresas brasileiras de tecnologia serem protagonistas, caso invistam nesse segmento de mercado.”

Krzyuy ainda destaca que “a construção da cidade inteligente global sinaliza o advento da era baseada em plataforma + ecossistema“.