Adam Robô está na disputa da maior competição de startups do país

O Adam Robô, criado pela startup curitibana Prevention, está na disputa por uma das nove vagas da semifinal do Startup Show, a maior competição entre startups do país. O reality show dará prêmios, mentoria e uma viagem ao Vale do Silício, na Califórnia (EUA), para a startup vencedora.

Ao todo, 27 empreendedores estão participando da competição de 12 semanas. As etapas eliminatórias do Startup Show, que começaram em setembro, estão sendo gravadas em um formato de websérie até a grande final este mês.

Os nove semifinalistas da competição serão escolhidos por um corpo de jurados e também pelo público, que poderá votar no Adam Robô nesta quinta (1º/11), sexta (2/11) e sábado (3/11) no portal do programa.

No episódio da semifinal, as nove empresas classificadas disputarão as três vagas para a final. A escolha dos finalistas também se dará com voto do público (as datas de veiculação das últimas etapas ainda não foram divulgadas).

“É muito importante estarmos participando desta competição, pois nos dá visibilidade, além de termos a chance de disputar o grande prêmio, que é conhecer o maior ecossistema de inovação do mundo”, salienta Juliano Santos, fundador da Prevention.

Vale do Pinhão

Com o Adam Robô, a Prevention vem conquistando prêmios desde a sua criação no ano passado. O equipamento, desenvolvido no Vale do Pinhão, usa a inteligência artificial para identificar, em no máximo cinco minutos, problemas oftalmológicos como miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia (vista cansada).

A startup curitibana ficou, este ano, entre as 15 melhores do mundo na Imagine Cup 2018 da Microsoft, a maior competição internacional de inovação. Além disso, a empresa da capital foi escolhida pelo reality show Shark Tank Brasil e recebeu aporte financeiro de R$ 200 mil.

A Prevention começou a desenvolver o Adam Robô, em 2017, no Worktiba Barigui, primeiro coworking público do país. No espaço da Prefeitura, a startup trabalhou por dez meses até triplicar de tamanho. Posteriormente, o projeto foi incubado na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep).

“Sempre digo com orgulho que a Prevention e o Adam nasceram das conexões criadas no Vale do Pinhão”, recorda Juliano, em referência ao movimento da Prefeitura e do ecossistema para incentivar ainda mais o ambiente da inovação da cidade.

Fonte: Curitiba.